Fique por Dentro

Senado Federal analisa a energia solar fotovoltaica no Brasil e no exterior

8 de outubro de 2015

Senado Federal analisa a energia solar fotovoltaica no Brasil e no exterior

O presidente da Comissão de Minas e Energia da ALMG, deputado Gil Pereira (PP), participou nesta quinta-feira (08/10/15), em Brasília, no Senado Federal, do Seminário FrenteINFRA de Energia Solar Fotovoltaica – experiências internacionais e o contexto brasileiro. O evento foi organizado pela Frente Parlamentar Mista da Infraestrutura Nacional (FrenteINFRA), presidida pelo senador Hélio José (PSD-DF).

O seminário reuniu especialistas brasileiros e estrangeiros, que trocaram informações e experiências para a formulação da Carta Solar FrenteINFRA, documento que aponta diretrizes para ação institucional relativa ao setor da energia fotovoltaica. Entre os principais temas: Perspectivas do setor fotovoltaico no Brasil; Energia solar fotovoltaica no setor elétrico brasileiro; o Caso da Alemanha; e o Cenário na Holanda.

O deputado Gil Pereira afirmou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá disponibilizar R$ 12 bilhões para investimentos em energia fotovoltaica e que o Estado de Minas Gerais pode ser muito beneficiado. “O Brasil se desenvolveu muito pouco nessa área por enquanto, mas Pirapora deverá ter a maior planta de geração de energia fotovoltaica do País”, citou.

A usina de energia solar de Pirapora deverá operar a partir de 2017. O projeto atual prevê a geração de 150 megawatts, volume que pode dobrar, dependendo do resultado do leilão de energia que está previsto para novembro. A usina será construída pela multinacional espanhola Solatio Energia, que está investindo R$ 750 milhões no empreendimento, em dois anos.