Fique por Dentro

NORTE DE MINAS: “Dep. Gil Pereira é aguerrido lutador pela Barragem de Jequitaí”, destaca pres. Kênia Marcelino (Codevasf)

11 de maio de 2017

NORTE DE MINAS: “Dep. Gil Pereira é aguerrido lutador pela Barragem de Jequitaí”, destaca pres. Kênia Marcelino (Codevasf)

O deputado Gil Pereira participou nesta quarta-feira (10/05/17), em Brasília, de audiência pública da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra), Câmara dos Deputados, destinada a debater as ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), com presença da sua presidente, Kênia Marcelino.

A “Barragem de Jequitaí garantirá o volume de água outorgado à transposição do Rio São Francisco. Com a sua construção, conseguiremos devolver 34 m³/s à bacia hidrográfica, além de perenizar o rio que chegou a secar em 2016”, argumentou Kênia Marcelino.

“Prossegue o cronograma que viabilizará a retomada das obras físicas da Barragem de Jequitaí, mediante nova licitação. O Ministério da Integração liberou R$ 19,253 milhões em abril para que a Seapa conclua os inventários ambiental e fundiário do convênio junto à Codevasf, viabilizando a etapa seguinte de retomada das obras, paralisadas há mais de um ano. Em seguida será liberada segunda parcela de igual valor, perfazendo R$ 38,506 milhões que cabem à Companhia”, esclareceu o deputado Gil Pereira.

Por meio do seu trabalho, o deputado Gil Pereira obteve a garantia dos recursos (total de R$ 47,006 milhões) para reativação do convênio, cabendo ao Estado R$ 8,5 milhões. “Nossa luta agora é para que sejam alocados entre R$ 100 milhões e R$ 120 milhões em caráter emergencial, por causa da situação crítica do abastecimento de água de Montes Claros e outras cidades da região, e antecipada a realização da nova concorrência necessária para reinício das obras”, explicou o parlamentar.

Ao ressaltar a atenção da presidente Kênia Marcelino em relação às demandas de Minas Gerais, o deputado Gil Pereira solicitou também apoio ao presidente da Cindra, deputado Valadares Filho, para alocação de recursos para empreendimentos como a Barragem de Jequitaí: “Minas é responsável por 70% da água da Bacia do Velho Chico, portanto Jequitaí beneficiará também estados do Nordeste brasileiro, incluindo Bahia, Pernambuco, Alagoas, Paraíba, e Sergipe.”