Fique por Dentro

Gil Pereira cobra extensão de gasoduto de Sete Lagoas ao Norte de Minas

22 de outubro de 2015

O gás natural fornecido pela Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) atende apenas parte da demanda do parque industrial de Betim, um dos principais do Estado e que abriga entre diversas outras empresas a Fiat Automóveis e a Refinaria Gabriel Passos (Regap), na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A Comissão de Minas e Energia da ALMG realizou audiência pública para debater o assunto no município, além de outras questões relacionadas, como a extensão de gasoduto ao Norte do Estado, na última segunda-feira (19/10/15), na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Betim.

Durante o encontro, ao ressaltar as vantagens ambientais e econômicas do gás natural, o presidente da Comissão de Minas e Energia, deputado Gil Pereira (PP), que conduziu a reunião, cobrou também a extensão de gasoduto da Gasmig à região de Montes Claros – Gás Norte – a partir da infraestrutura de fornecimento já disponível em Sete Lagoas: “Lá temos várias indústrias consumidoras do combustível como a Alpargatas (fabricante das sandálias Havaianas, além de alta demanda potencial”, citou ele.

Betim

Representantes dos setores industrial e comercial, além de lideranças políticas de Betim, reivindicam a ampliação do acesso a esse tipo de energia (gás natural), menos poluente e de menor custo. “Conforme uma das propostas, com acompanhamento da Assembleia, empresas, entidades de classe e poderes públicos, especialmente a Prefeitura de Betim, trabalharão em parceria para quantificar em estudo a demanda mínima necessária para viabilizar a ampliação da rede de abastecimento do combustível”, disse o deputado Gil Pereira.

Gil Pereira explicou que o estudo será feito de modo paralelo às iniciativas para implantação de projeto da Gasmig que prevê a conversão da Usina Termelétrica Aureliano Chaves, em Ibirité, também na RMBH, que trocaria o uso do óleo combustível pelo gás natural, com incontestes vantagens econômicas e ambientais. “Essa foi apontada como a alternativa para garantir a expansão da rede do gasoduto e o fornecimento do combustível a praticamente todo o município de Betim, incluindo áreas residenciais”, informou o parlamentar.

“O objetivo é que essa usina possa participar de novo leilão de energia a ser promovido pela Aneel em 2017”, afirmou o presidente da Gasmig, Eduardo Lima Andrade Ferreira.

Também participaram da reunião: deputado Ivair Nogueira (PMDB), autor do requerimento; secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Betim, Fabrício Fernandes Freire; diretor comercial da Gasmig, Sérgio da Luz Moreira; presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Betim, José de Oliveira Barboza; diretor de Gestão Empresarial da Empresa Tecnologia e Controle Ambiental (TCA), Alan Kardec Pinto; e chefe de gabinete do deputado Geraldo Pimenta (PCdoB), Augusto Viana da Rocha.