Fique por Dentro

Gil Pereira cobra extensão de gasoduto de Sete Lagoas ao Norte de Minas

22 de outubro de 2015

Gil Pereira cobra extensão de gasoduto de Sete Lagoas ao Norte de Minas

O gás natural fornecido pela Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) atende apenas parte da demanda do parque industrial de Betim, um dos principais do Estado e que abriga entre diversas outras empresas a Fiat Automóveis e a Refinaria Gabriel Passos (Regap), na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A Comissão de Minas e Energia da ALMG realizou audiência pública para debater o assunto no município, além de outras questões relacionadas, como a extensão de gasoduto ao Norte do Estado, na última segunda-feira (19/10/15), na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Betim.

Durante o encontro, ao ressaltar as vantagens ambientais e econômicas do gás natural, o presidente da Comissão de Minas e Energia, deputado Gil Pereira (PP), que conduziu a reunião, cobrou também a extensão de gasoduto da Gasmig à região de Montes Claros – Gás Norte – a partir da infraestrutura de fornecimento já disponível em Sete Lagoas: “Lá temos várias indústrias consumidoras do combustível como a Alpargatas (fabricante das sandálias Havaianas, além de alta demanda potencial”, citou ele.

Betim

Representantes dos setores industrial e comercial, além de lideranças políticas de Betim, reivindicam a ampliação do acesso a esse tipo de energia (gás natural), menos poluente e de menor custo. “Conforme uma das propostas, com acompanhamento da Assembleia, empresas, entidades de classe e poderes públicos, especialmente a Prefeitura de Betim, trabalharão em parceria para quantificar em estudo a demanda mínima necessária para viabilizar a ampliação da rede de abastecimento do combustível”, disse o deputado Gil Pereira.

Gil Pereira explicou que o estudo será feito de modo paralelo às iniciativas para implantação de projeto da Gasmig que prevê a conversão da Usina Termelétrica Aureliano Chaves, em Ibirité, também na RMBH, que trocaria o uso do óleo combustível pelo gás natural, com incontestes vantagens econômicas e ambientais. “Essa foi apontada como a alternativa para garantir a expansão da rede do gasoduto e o fornecimento do combustível a praticamente todo o município de Betim, incluindo áreas residenciais”, informou o parlamentar.

“O objetivo é que essa usina possa participar de novo leilão de energia a ser promovido pela Aneel em 2017”, afirmou o presidente da Gasmig, Eduardo Lima Andrade Ferreira.

Também participaram da reunião: deputado Ivair Nogueira (PMDB), autor do requerimento; secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Betim, Fabrício Fernandes Freire; diretor comercial da Gasmig, Sérgio da Luz Moreira; presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Betim, José de Oliveira Barboza; diretor de Gestão Empresarial da Empresa Tecnologia e Controle Ambiental (TCA), Alan Kardec Pinto; e chefe de gabinete do deputado Geraldo Pimenta (PCdoB), Augusto Viana da Rocha.