Fique por Dentro

Frente Parlamentar da Indústria Mineira e Fiemg buscam estratégias e soluções para crise no setor

17 de setembro de 2015

Frente Parlamentar da Indústria Mineira e Fiemg buscam estratégias e soluções para crise no setor

A Frente Parlamentar da Indústria Mineira, presidida pelo deputado Dalmo Ribeiro (PSDB), reuniu-se nesta quinta-feira (17/09), na Assembleia Legislativa, com representantes setoriais da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), com o objetivo de traçar estratégias para buscar soluções de problemas que afetam empresas e trabalhadores.

Entre os temas apontados para discussão, entre os 77 deputados que formam a frente suprapartidária, destacam-se: retração da economia do País; desemprego; carga tributária excessiva; aumentos sucessivos do preço da energia elétrica para uso industrial e na agricultura irrigada; retomada do desenvolvimento econômico e da geração de postos de trabalho; agilização de licenciamentos ambientais; linhas de financiamento do BDMG; protocolos de intenção assinados com o Indi-MG; regime de substituição tributária e outros itens ligados à Secretaria de Estado da Fazenda; acompanhamento do processo legislativo; e proposição de projetos.

“Nos períodos de crise surgem também oportunidades. É justamente um dos focos da Comissão de Minas e Energia da ALMG, que busca estimular o desenvolvimento e uso da energia solar fotovoltaica, especialmente no Norte do Estado, que apresenta potencial diferenciado para o setor”, ressaltou o presidente da comissão, deputado Gil Pereira (PP).

O Estado poderá receber investimentos capazes de garantir 1GW desse tipo de energia, considerando os leilões iniciados em 2014. No Norte de Minas, o município de Pirapora sediará usina a ser instalada pela espanhola Solatio Energia (e sua parceira canadense Canadian Solar) de 150 MW, com investimento de R$ 750 milhões, capacidade que poderá atingir 300 MW no leilão marcado para novembro.

Também participaram da reunião os deputados Gustavo Corrêa (DEM) e Dirceu Ribeiro (PHS).