Fique por Dentro

FENICS

23 de setembro de 2019

FENICS

Durante sua palestra “Atuação da Comissão das Energias Renováveis no fomento aos empreendimentos fotovoltaicos do Norte de Minas”, nesta quinta-feira (12/09/19), na Fenics, em Montes Claros, o deputado Gil Pereira falou sobre o seu trabalho pioneiro e inovador com a energia solar, cujo reflexo é a transformação em curso da região num polo tecnológico de ponta, com geração de empregos de qualidade e renda. O Seminário “Tendências e Oportunidades do Segmento de Energia Solar Fotovoltaica” está sendo realizado pelo Sebrae, Idene, Adenor, ACI – Montes Claros, Fiemg – Regional Norte e seus parceiros, com programação até 14/09/19.

“A cadeia produtiva do setor envolve desde a instalação dos equipamentos, manutenção e distribuição, o que exige a qualificação profissional e absorção por um mercado de trabalho em pleno crescimento em Minas Gerais e no país, gerando arrecadação significativa para os municípios que sediarem as plantas fotovoltaicas, garantindo receita a ser revertida em áreas sociais prioritárias para a população, como saúde, educação, segurança pública, dentre outras”, destacou Gil Pereira, presidente da Comissão das Energias Renováveis e dos Recursos Hídricos da ALMG.

Liderança

O deputado Gil Pereira iniciou o seu trabalho de incentivo ao setor em 2011, quando foi secretário de Estado, com a divulgação do potencial e construção da legislação mineira de estímulo à energia solar fotovoltaica, única no país a isentar de ICMS usinas até 5 MW, através de Lei de sua autoria, que vem atraindo centenas de investidores para nossa região.

Minas lidera o ranking nacional da geração distribuída, com placas solares instaladas nos telhados de residências, áreas de empresas e propriedades rurais, com potência instalada de 285,65 MW (22%). “Além dos benefícios ambientais, 5 MW gerados correspondem a R$ 1 milhão de retorno de arrecadação em 4 anos para o município que sedia o empreendimento. Uma usina solar de 1 GW gera, aproximadamente, 3 mil empregos”, citou o parlamentar.

“Na geração centralizada, temos maior usina em funcionamento hoje na América Latina, em Pirapora, além das plantas projetadas a serem instaladas em sequência em Janaúba, Jaíba, Francisco Sá, Várzea da Palma, Buritizeiro, Januária e Bocaiuva e mais duas dezenas de municípios norte-mineiros. Daí a importância de serem leiloados novos projetos de linhas de transmissão para escoamento dessa energia, como solicitei ao governo federal”, ressaltou o deputado Gil Pereira.