Fique por Dentro

BRASIL | GERAÇÃO DISTRIBUÍDA: Superada marca de 11 mil conexões, Minas segue na liderança

19 de junho de 2017

Cinco anos após a regulamentação da micro e da minigeração distribuída de energia pela Aneel, o Brasil chega à marca de 11.352 mil conexões. A fonte mais utilizada pelos consumidores-geradores é a solar fotovoltaica, com 11.235 adesões, seguida da eólica, com 52 instalações. O estado com o maior número de micro e minigeradores é Minas Gerais (2.409 conexões), seguido por São Paulo (2.320) e Rio Grande do Sul (1.254). Como uma conexão pode atender mais de uma unidade consumidora, hoje 12.662 delas usam energia a partir da micro e da minigeração distribuída.

“Mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSolar) aponta que a tecnologia solar fotovoltaica, baseada na conversão direta da radiação solar em energia elétrica, lidera o segmento, com 99% das instalações em residências, comércios, indústrias, edifícios públicos e na zona rural. Projeção da Aneel indica que o número de consumidores que geram sua própria energia subirá de 7.170, em 2016, para 26.834, em 2017. O sistema de geração distribuída aumentou 588% desde 2015”, observa o deputado Gil Pereira.