Fique por Dentro

BARRAGEM ESTRUTURANTE: Deputado Gil Pereira luta por recursos para retomada de Jequitaí

1 de novembro de 2018

O deputado Gil Pereira participou nesta terça-feira (30/10/18), em Brasília, de reunião com os parlamentares que compõem a bancada mineira na Câmara Federal, com o objetivo pleitear recursos orçamentários para a retomada das obras da Barragem de Jequitaí. Essencial no conjunto do seu trabalho, Gil Pereira explicou aos participantes do encontro o significado da construção do reservatório para reforçar o abastecimento de água e a convivência com a seca no Norte de Minas.

“Solicitei junto à atual bancada federal de Minas Gerais, que foi sensível ao nosso pleito, a aprovação de Emenda Impositiva de R$ 20 milhões para retomada da Barragem de Jequitaí. Também presente, o deputado eleito Marcelo Freitas fez coro à nossa solicitação. Através de outros parlamentares, consegui emendas individuais no valor de R$ 4 milhões para a obra, que, após ser concluída, garantirá o abastecimento de Montes Claros e 35 mil hectares irrigados, possibilitando 100 mil empregos diretos e indiretos”, ressaltou o deputado Gil Pereira.

Também participaram da reunião o coordenador do Projeto Jequitaí (Codevasf), Wagner Zani; o responsável socioambiental, Sérgio Castejon Garcia; e o superintendente da Santa Casa de Montes Claros, Maurício Sérgio.

Projeto

O projeto envolve, direta e indiretamente, 700 mil pessoas de 15 municípios em uma das regiões mais carentes do Estado, castigada por longos períodos de seca. O empreendimento de uso múltiplo da água está sendo executado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e faz parte do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. 

Antiga demanda da população norte-mineira, o convênio para construção da Barragem de Jequitaí foi celebrado com a Codevasf durante a gestão do deputado Gil Pereira como secretário de Estado, quando também foram iniciadas as obras.

Obra hídrica

A obra hídrica é considerada pela Codevasf como maior prioridade para a região: após sua conclusão, garantirá o abastecimento de vários municípios, incluindo Montes Claros. Entre as principais finalidades do projeto, que prevê a construção de duas barragens, destacam-se o abastecimento humano, a agricultura irrigada, a regularização de vazões e o controle de cheias, além da geração de energia elétrica.

Pertencente à Bacia do Rio São Francisco, a Barragem de Jequitaí garantirá o lançamento de 34 m³/s de água no rio, volume superior ao necessário à transposição: 26 m³/s. O Projeto Jequitaí prevê a construção de dois barramentos, o que possibilitará irrigação de 35 mil hectares em área agrícola e geração de cerca de 100 mil empregos diretos e indiretos em 12 municípios. A produção anual estimada é superior a 520 mil toneladas de alimentos (principalmente fruticultura), quando o projeto estiver inteiramente implantado.