Fique por Dentro

Audiência pública e visita tratam de energia solar no Norte de Minas

3 de setembro de 2015

A Comissão de Minas e Energia da ALMG irá ao Norte de Minas nesta terça-feira (08/09) para tratar de questões relacionadas ao uso da energia solar na região. Às 9h, a comissão realiza visita à Fazenda Lagoa de São João, em Capitão Enéias, para conhecer projetos de irrigação movidos por energia solar.

Às 14h30, será realizada audiência pública na Câmara Municipal de Montes Claros (Rua Urbino Viana, 600 – Vila Guilhermina), para discutir o desenvolvimento da energia solar fotovoltaica e as demandas regionais de energia elétrica. As duas atividades foram solicitadas pelo deputado Gil Pereira, presidente da comissão.

A programação integra trabalho que a comissão tem desenvolvido para estimular a energia solar no Estado. A crise hídrica, o encarecimento da energia hidrelétrica e da termelétrica, além da crescente demanda por energias sustentáveis, exigem a reestruturação da matriz energética brasileira.

Expansão mundial

Além disso, a importância de se discutir o assunto no Norte de Minas se deve ao fato de a região ser apontada como uma das melhores no País para instalação de usinas geradoras fotovoltaicas, por reunir condições naturais (irradiação solar) e estruturais (linhas de transmissão) que favorecem o investimento nesse tipo de energia.

“O uso da energia solar passa por acelerada expansão no mundo inteiro, tendo como vantagens seu reduzido impacto ambiental e preço cada vez mais competitivo. O potencial do Norte de Minas para o setor é estratégico, pois a região detém o quarto melhor ponto de captação de energia solar do Brasil, segundo o Atlas Solarimétrico da Cemig”, explica o deputado Gil Pereira.

Para o encontro em Montes Claros, além de autoridades e lideranças regionais, foram convidados o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Sávio Souza Cruz; o prefeito Ruy Muniz; o presidente da Câmara Municipal, José Marcos Martins de Freitas; o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Donizete Rufino; o presidente da Cemig, Mauro Borges; o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto; o presidente de Furnas Centrais Elétricas, Flavio Decat de Moura; o presidente da Empresa de Pesquisa Energética, Mauricio Tolmasquim; o presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Nelson Fonseca Leite; e o presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Nelson Colaferro Júnior.