Fique por Dentro

Arábia Saudita planeja virada para energia renovável

15 de fevereiro de 2018

Maior exportador de petróleo investe em energias renováveis

13/02/18 – Folha de São Paulo

Tradução de Paulo Migliacci

The New York Times

A vida na Arábia Saudita há muito é definida pelo petróleo, que pagou não só pelas reluzentes torres e shopping centers que enfeitam suas cidades mas também por um setor público que emprega a maioria da população. Agora, o país tenta vincular seu futuro a outro recurso natural de que dispõe abundantemente: a luz do sol.

Sob a orientação do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, o maior exportador mundial de petróleo está embarcando num esforço ambicioso para diversificar a economia e renovar o crescimento, em parte via investimentos em energia renovável e, assim, virar uma potência mundial na energia limpa.

A estatal de energia ACWA Power deve construir, ao custo de US$ 300 milhões, uma central de energia solar que deve abastecer até 200 mil residências, segundo Turki al-Shehri, chefe do programa de energia renovável saudita.

Pelo final do ano, a Arábia Saudita pretende investir até US$ 7 bilhões no desenvolvimento de sete novas centrais de energia solar e um grande complexo de energia eólica.

O país espera que a energia renovável, hoje porção desprezível, corresponda a até 10% do que gerar em 2023. Todos os grandes desenvolvedores estão de olho na Arábia Saudita, disse Jenny Chase, analista da Bloomberg New Energy Finance.

Saiba mais…