Fique por Dentro

ÁGUA | NORTE DE MINAS: Deputado Gil Pereira luta por projetos estruturantes de convivência com a seca

23 de março de 2017

ÁGUA | NORTE DE MINAS: Deputado Gil Pereira luta por projetos estruturantes de convivência com a seca

A propósito das atividades e debates alusivos ao Dia Mundial da Água (22 de março), data instituída pela ONU em 1993 para alertar sobre a necessidade de preservação dessa substância essencial à nossa sobrevivência e de todos os outros seres vivos, o deputado Gil Pereira ressalta seu trabalho parlamentar focado em implantar soluções técnicas para melhorar a segurança hídrica regional: barragens de Jequitaí, Congonhas, Berizal, entre outras.

A cobrança em torno das prometidas e efetivas ações de revitalização da Bacia do Rio São Francisco, tão estratégica para o Norte de Minas, tem também destaque na sua atuação. “O Velho Chico clama por saneamento básico, desassoreamento, recuperação e proteção de nascentes e correta disposição de resíduos sólidos. Como responsável por mais de 70% da água da extensa bacia hidrográfica, é tecnicamente injustificável que parcela proporcional desses recursos não tenha sido ainda destinada a Minas Gerais, incluindo a Bacia do Rio das Velhas e o Norte do Estado”, argumenta o deputado Gil Pereira.

“A água é tema central do nosso trabalho na Assembleia Legislativa, além do período em que estive à frente da Sedinor, quando assinamos diversos convênios junto aos ministérios da Integração, das Cidades e do Desenvolvimento Social no valor superior a meio bilhão de reais, dentro do programa Água para Todos, para implantação de cisternas (consumo e produção), barreiros, sistemas simplificados de água e pequenas barragens”, cita o deputado Gil Pereira.

O planejamento e a gestão da água, de acordo com o parlamentar, deve levar em conta a solidariedade em razão da sua distribuição desigual sobre o Planeta. “Especialmente para nós, norte-mineiros e os vizinhos do Vale do Jequitinhonha. Por isso a nossa luta em defesa de projetos estruturantes de convivência com a seca, que retenham bem tão precioso que é de todos e precisa ser zelado pela coletividade”, considera o deputado Gil Pereira.